Foto Blog do eGestor
Foto Blog do eGestor

Mesmo diante da popularização da internet, os livros continuam sendo uma importante fonte de informação sobre o mundo. Apesar da atual crise do mercado editorial brasileiro, o gosto pela leitura parece mais vivo do que nunca.

Ao menos, é o que revela o levantamento realizado em abril pelo Picodi.com, que traz o Brasil na oitava posição do ranking dos países que mais leem.

Segundo a pesquisa, 74% dos brasileiros compraram pelo menos um livro ao longo do último ano. O país só perde para a Eslováquia, Malásia, Romênia, Tailândia, Espanha, Rússia e Turquia, esta última tendo apresentado 87%.

Foto Money Times

Meses mais populares

No Brasil, as vendas de livros nas lojas online ocorrem justamente nos primeiros quatro meses do ano, período em que as aulas voltam.

Março é o mês com o maior número de transações efetuadas, 15% do total. Também vale mencionar novembro, período em que ocorre a Black Friday, representando 9%.

Em relação à frequência, 6% dos brasileiros compram livros ao menos uma vez por semana, 10% uma vez a cada duas semanas e 38% uma vez ao ano. A maior parcela, 46%, opta por realizar compras uma vez a cada mês.

Foto Money Times

Formato

Os livros impressos adquiridos em lojas físicas continuam sendo a escolha predominante para 58% dos leitores brasileiros. Livros de papel em lojas online somam 48%, download de fontes gratuitas 28% e ebooks em lojas online 15%. Os audiobooks em lojas online, muito comuns no exterior, representam somente 1%.

Preços

Para 36% dos leitores, o preço do livro impacta na hora da compra. Dentre os entrevistados, 53% acreditam que os valores estão adequados, enquanto 23% acham baixos, 14% excessivos e 10% demasiadamente altos.

Fonte: Money Times

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?